48 Resultados

ameaças

Pesquisar

Por que manter meus softwares atualizados?

Os computadores são compostos por duas partes: o software — conjunto de programas — e o hardware — constituído pelos componentes físicos. Como os softwares são os responsáveis por permitir a execução de tarefas específicas, comandando, assim, todo o funcionamento e a lógica dos computadores, é bem importante que eles estejam sempre atualizados, não é mesmo? De acordo com uma pesquisa da empresa de segurança F-Secure, 94% das pequenas e das médias empresas nem sempre cuidam da segurança dos softwares e acabam por colocar os negócios em risco ao deixá-los desatualizados. Apenas 59% das organizações disseram atualizar os softwares com certa frequência. Ainda segundo a pesquisa, 63% assumem ter os recursos necessários para realizar essas atualizações. Diante dessa realidade, como você, profissional de tecnologia da informação, deve atuar para convencer as empresas sobre a importância de investir em softwares atualizados e, ainda, como técnico de TI, ajudar para que os softwares de seus…

Entenda agora o conceito de gerenciamento unificado de terminais

Você já ouviu falar em gerenciamento unificado de terminais? Conforme o número de dispositivos dentro do ambiente organizacional aumenta de forma exponencial, o uso da rede e a circulação de dados confidenciais também crescem. Um MSP, prestador de serviços gerenciados, tem como dever a manutenção de um controle eficaz acerca de todas essas extremidades. Uma vez que, qualquer uma delas pode tornar-se um ponto de entrada em potencial para ameaças. São vários endpoints com os quais temos de nos preocupar, de smartphones até dispositivos de IoT. Desse modo, fazendo com que esse gerenciamento se torne cada vez mais imprescindível dentro das atividades do MSP. Vamos entender mais sobre esse assunto ao longo do texto. Boa leitura! O que é gerenciamento unificado de terminais O gerenciamento unificado de terminais nada mais é que uma abordagem que prevê a organização de endpoints. Desse modo, visa uma forma de proteger e controlar os…

Saiba como fazer um plano de continuidade de negócios de TI

Infortúnios, como a quarentena imposta pelo novo Coronavírus, podem acontecer a qualquer momento. Sendo assim, isso exige das empresas um plano de continuidade de negócios de TI. Desse modo, visando manter suas atividades mesmo em meio a problemas ou dificuldades. Dentro desse contexto, a falta de planejamento não pode ser apenas prejudicial para o negócio, mas levar a empresa à falência. Visto que, ela não estaria adaptada a se manter atuando, e seus custos acabariam fazendo-a sucumbir. Por conta disso, antes mesmo de você pensar no plano de continuidade dos negócios de seus clientes, é preciso que você, MSP, esteja preparado para lidar com qualquer desafio que prejudique sua atuação, lidando com riscos e ameaças. Vamos entender mais sobre o assunto no texto! O plano de continuidade de negócios O plano de continuidade dos negócios pode ser conceituado como um conjunto de estratégias preventivas aliadas a planos de ação que…

O que é o Protocolo de segurança da camada de transporte? Veja!

O protocolo de segurança e as camadas de transporte são recursos que permitem o tráfego seguro na internet. Eles estão presentes quando acessamos um site, fazemos uma compra online ou enviamos nossos dados. Essas medidas são necessárias para manter o uso ético e seguro da comunicação entre computadores e desempenham um papel importante para empresas que desejam proteger seus dados. Para que sejam efetivos, os protocolos de segurança devem assegurar a procedência da informação e que a mesma não foi modificada durante o caminho, ou que terceiros tiveram acesso a ela. Existe uma boa quantidade de protocolos de segurança por aí, mas, neste artigo, falaremos de TLS, SSL e HTTPS, siglas já conhecidas na área de TI e que são as mais utilizadas para garantir a proteção de dados na web. Confira! Quais são os protocolos de segurança? Existem diversos protocolos de segurança criados para situações específicas. Porém, neste artigo,…

O que saber acerca de aplicativo potencialmente indesejável?

Quando se trabalha com serviços gerenciados de TI é importante estar atendo às vulnerabilidades e exposições comuns dentro do ambiente de seus clientes. Um dos riscos pode ser a presença de um aplicativo potencialmente indesejável. A prioridade de um MSP deve sempre ser a segurança da infraestrutura de TI. Utilizando ferramentas e estratégias que evitem falhas e invasões, além de garantir a continuidade dos negócios dos clientes, independentemente do desastre que vier a ocorrer. Por isso, separamos algumas informações fundamentais que você e sua equipe devem estar cientes na hora de proteger seus clientes com relação aos aplicativos potencialmente indesejáveis. Continue conosco e entenda mais! Qual o conceito de aplicativo potencialmente indesejável? Diferentemente dos malwares ou ransomwares, os aplicativos potencialmente indesejados não são considerados vírus. Mas, da mesma forma, podem representar uma ameaça gigantesca para a TI de seus clientes. Visto que afetam de forma negativa o desempenho ou uso dos…

Entenda o que são ataques DDoS e como proteger a sua empresa

Um ataque DDoS é uma das ameaças mais simples que existem. Principalmente, porque a maioria dos cibercriminosos começam as suas atividades quando ainda não têm muito conhecimento. A partir de avanços como esse, já que não demandam ferramentas muito rebuscadas ou um grande know-how. Temos um enorme arcabouço de ameaças e vulnerabilidades hoje em dia. Porém, uma das maiores preocupações de quem oferta serviços gerenciados de TI é a manutenção da disponibilidade dos recursos. Esse é o principal alvo de um ataque DDoS, que pode deixar os servidores de seus clientes fora do ar por muito tempo. Com isso, trazendo uma série de problemas e prejudicando o negócio de seus contratantes. Vamos entender mais a respeito disso no post abaixo! Acompanhe! O que é um ataque DDoS? Um ataque DDoS, também é chamado de ataque de negação de serviço, pois interrompe o funcionamento de um determinado sistema ou servidor. Sendo…

Outsourcing de TI: saiba tudo sobre a terceirização no setor!

A tecnologia é algo cada vez mais necessário dentro das organizações, mas, ao mesmo tempo, ela pode ser extremamente cara para pequenas e médias empresas, dificultando sua aquisição. O Outsourcing de TI é a solução para esses casos. Muitas organizações já enxergaram na terceirização uma forma de se manterem atualizadas com as últimas tecnologias, investindo menos do que a aquisição direta ou manutenção interna, gerando uma grande gama de possibilidades de negócio. O outsourcing de TI só cresce, beneficiando fornecedores e clientes e gerando acordos cada vez mais interessantes. Neste post, nosso objetivo foi montar um guia completo acerca da terceirização e como tirar proveito dela para gerar mais negócios. Boa leitura! O que é outsourcing de TI e por que aplicá-lo? A terceirização já é algo comum no cenário brasileiro, sendo que nossa legislação permite a contratação de outras empresas para a realização de atividades-meio dentro das organizações, ou…