Recomendações essenciais ao cuidar de um sistema de backup corporativo

Veja quais medidas podem te ajudar a garantir ainda mais segurança no processo

Backup e recuperação

Se você atua como MSP e quer proteger toda a TI de seus clientes, talvez esteja na hora de descobrir qual o sistema de backup corporativo adequado para proporcionar mais segurança. Afinal, uma das principais responsabilidades de um bom prestador de serviços gerenciados de TI é trabalhar com uma solução segura, para oferecer o trabalho completo.

Por isso, ao longo do texto, vamos te ajudar a entender qual opção pode oferecer os resultados que você espera.

Deseja saber mais sobre o tema?

Então, continue a leitura e aproveite as nossas dicas!

O que é sistema de backup corporativo?

Para começar, o backup corporativo é o processo de armazenamento de dados, que garante uma cópia segura das informações. Aliás, ele é a forma mais confiável de evitar perdas e conservar os dados de uma empresa.

Então, se você atua com serviços gerenciados de TI, a solução deve ser usada para manter os documentos e dados de seus clientes sempre seguros.

Mas, para ter sucesso no serviço, o ideal é que a infraestrutura seja monitorada em tempo real. Assim, é possível identificar os riscos e respondê-los de forma mais ágil, proativa e eficiente.

Desse modo, muitas vantagens são conquistadas. Entre as principais estão:

  • Economia: um bom sistema de backup corporativo ajuda a eliminar os erros e os riscos e, por consequência, os custos desnecessários;
  • Disponibilidade: com uma solução de armazenamento em nuvem, os dados têm disponibilidade de acesso em qualquer lugar e a qualquer momento;
  • Recuperação: com o uso de um bom sistema de backup corporativo, caso aconteça a perda de dados, a recuperação ocorre de forma mais rápida e simples;
  • Monitoramento: com um software completo, relatórios eficientes são emitidos diariamente para que o serviço seja acompanhado de uma forma precisa e segura;
  • Segurança: as soluções de backup corporativo se tornaram cada vez mais eficazes e contam com armazenamento com criptografia de última geração. Garantindo, assim, a segurança e a confidencialidade dos dados armazenados.

O que pode causar perda de dados?

Conforme sempre falamos em nossos textos, os dados carregam muito valor de um negócio. Afinal, eles são essenciais para garantir a continuidade de uma empresa, que depende da confidencialidade, integridade e disponibilidade das informações.

Dessa forma, o vazamento ou perda de dados pode causar um grande prejuízo. Entre as maiores causas do problema, estão:

  • Falhas humanas;
  • Erros de programação;
  • Invasões e ataques, como ransomware;
  • Desastres naturais;
  • Danos nos equipamentos;
  • Falta de backup.

Dicas para ter sucesso com seu sistema de backup corporativo

Depois de falar sobre as vantagens e as características do processo, vamos destacar medidas essenciais para cuidar do sistema e garantir que os dados de seus clientes fiquem mais seguros. Veja ações indispensáveis a seguir!

Backup 3, 2, 1

Para começar, você precisa entender que o backup 3, 2, 1 é a melhor solução para seus clientes. Pois, ele garante que suas informações fiquem armazenadas em diferentes ambientes, misturando opções locais e em nuvem.

O backup gerenciado tem três cópias, sendo duas gravadas em mídias diferentes e, pelo menos uma delas, longe do ambiente corporativo.

Então, caso aconteça algum ataque, erro ou desastre natural, é possível recuperar os dados sem dificuldade.

Trabalhe com uma solução que crie rotinas

Da mesma forma, para garantir todas as vantagens do sistema de backup corporativo, escolha uma opção que permita, que vários jobs de backup sejam criados.

Aliás, quanto mais rotinas forem criadas, melhor. Desse modo, defina quais os melhores horários para a ação e mantenha a automação.

Além disso, evite imprevistos com hardware em sua operação de TI e invista em uma solução SaaS para gerenciar a proteção de dados de seus clientes.

Analise RPO e RTO

Se você deseja manter seguras as informações das empresas que atende, analise o RTO e RPO de acordo com o cenário de cada cliente.

O RPO, sigla em inglês para Recovery Point Objective tem relação com a periodicidade dos backups. Então, quanto mais jobs de backup programados, melhor. Assim, a ação garante que os backups fiquem mais atualizados, caso haja algum contratempo.

Já o RTO ou Recovery Time Objective, está relacionado ao período máximo de tempo em que o sistema leva para voltar a funcionar depois de uma parada. Sem dúvida, definir as informações com cautela te ajuda a escolher uma solução que ofereça mais produtividade e segurança.

Aliás, por falar nisso, temos um texto completo, que pode te ajudar a entender ainda mais sobre este tema. Leia agora mesmo clicando aqui!

Faça testes

Quando definir qual sistema usar, teste as possibilidades e encontre o caminho ideal para os bons resultados. 

Então, aposte em uma opção de backup que permita a criação de um cenário de testes de recuperação. Assim, você terá ainda mais segurança de que o serviço funciona para a rotina de seus clientes.

Utilize um sistema de backup corporativo completo

Por fim, escolha por uma opção que tenha tudo o que você precisa para oferecer todos os benefícios que já citamos ao longo do texto, como: segurança, proatividade e a possibilidade de testes.

Como o N-able Backup, por exemplo, que fornece um serviço de proteção de dados otimizado, com a nuvem como principal ambiente para os servidores, e todas as informações em um único painel.

Com opções de recuperação flexíveis, suporte em diversos idiomas e gerenciamento remoto, a solução é a única do mercado que conta com a tecnologia True Delta, que permite a restauração apenas dos dados que já foram modificados.

Quer saber mais sobre o N-able Backup e conhecer todas as suas vantagens para rotina de MSP?

Então, clique aqui agora mesmo e confira!

Autor: Rodrigo Gazola

Especialista no mercado de prestação de serviço em TI, pioneiro no modelo de serviços gerenciados (MSP) no Brasil. Apesar de ser um profundo conhecedor do modelo e mercado MSP, adoro quando o assunto é Backup, Backup, Backup! Com formação em Eletrônica e Gestão em TI, amo o que faço e não me canso quando o assunto é trabalho e conhecimento, muitos dizem que o segredo são os 4 "B"s que adotei há algum tempo: Beer, Bike, Barbecue e Backup. Ver todos posts por Rodrigo Gazola