Estamos vivendo a era da transformação digital e as novas tecnologias têm um papel fundamental no desenvolvimento dos negócios. Porém, com mais tecnologia, maiores são as vulnerabilidades. Por conta disso, é importante sempre se manter de olho nas tendências em segurança cibernética.

Os governos ao redor do mundo já estão lançando várias iniciativas com o intuito de garantir a proteção dos dados dos cidadãos. Por exemplo, a LGPD no Brasil e a GDPR na Europa, aplicando sanções às empresas que permitirem o roubo de informações.

Dentro desse contexto, é preciso estar de olho no que acontece em relação às tendências em cibersegurança. Sendo assim, buscando sempre estar protegido e evitar vazamentos ou roubos de dados que venham a prejudicar a sua empresa. Entenda mais a seguir!

O conceito de segurança cibernética

Existem vários conceitos de segurança cibernética, sendo que boa parte deles é confusa e muito complexa. Em termos simples, podemos dizer que ela se trata de um conjunto que mistura ferramentas, políticas e ações com o intuito de salvaguardar as entidades contra riscos cibernéticos.

Ou seja, seu objetivo é garantir a livre circulação de informações no ambiente interno da empresa com a máxima segurança, protegendo os dados e evitando quaisquer tipos de riscos que possam prejudicar as ações da organização, garantindo a continuidade do negócios.

As tendências em segurança cibernética

Existem várias tendências para o futuro quando o assunto é segurança cibernética, afinal, a cada nova tecnologia que surge, possibilidades se expandem. Contudo, separamos algumas das mais interessantes e relevantes hoje.

1. Proteção à nuvem

A tecnologia em nuvem foi um avanço e permitiu que pequenas empresas tivessem acesso a uma boa infraestrutura de TI, melhorando seu posicionamento no mercado e garantindo que elas pudessem se tornar mais competitivas.

Contudo, o aumento desse modelo de computação também atraiu a atenção dos cibercriminosos, que viram no crescimento dessa solução uma oportunidade para atacar e roubar dados, uma vez que nem todos estavam preparados para lidar com essa situação.

As organizações devem começar a se preocupar com a correta configuração de seus serviços de nuvem, evitando que dados venham a ser expostos. Diversas ferramentas de controle estão surgindo no mercado para auxiliar nessa tarefa.

2. Reconhecimento facial

Senhas e outros modelos de segurança, como perguntas secretas, podem ser burladas, seja por meio de phishing, seja com o uso de técnicas de engenharia social. A verdade é que a proteção por meio de senha não é tão segura quanto parece.

Com o surgimento dos smartphones e melhoria contínua de seu poder de processamento e hardware, o uso do reconhecimento facial se tornou algo possível e aplicável. Com a adoção dessa tecnologia, acessos críticos a dados poderiam ser realizados apenas por pessoas autorizadas, já que o rosto é único e isso não pode ser burlado.

3. Treinamento da equipe

A engenharia social ainda é um dos meios mais comuns de ação dos cibercriminosos e, muitas vezes, eles atingem o seu objetivo sem a utilização de ferramentas rebuscadas, apenas manipulando colaboradores com pouco ou nenhum conhecimento de segurança.

Equipes bem treinadas podem evitar uma série de situações prejudiciais para a sua empresa, como o vazamento de dados sigilosos. Realizar treinamentos constantes é a única forma de manter a organização totalmente protegida.

A importância em contar com um suporte especializado

Em boa parte das empresas não existem profissionais especializados em segurança da informação. Isso acontece porque tais conhecimentos são específicos e existem poucos colaboradores disponíveis no mercado.

Sendo assim, para ter acesso a um conhecimento diferenciado, o ideal é contar com a parceria de um Outsourcing de TI especializado em segurança da informação. Dessa forma, sua empresa poderá ter o suporte necessário para entender quais são as suas demandas e quais são as ferramentas ideais para o seu caso.

Além disso, uma empresa como essa pode auxiliar a entender todos os riscos que sua organização tem hoje e mitigá-los para evitar que dados sejam perdidos, expostos ou roubados.

Manter-se sempre atento às tendências em segurança cibernética é a melhor forma de proteger as informações confidenciais de seu negócio, se mantendo um passo à frente dos cibercriminosos. Esperamos que este post tenha sido útil para mostrar isso a você.

Não perca nossos conteúdos! Assine agora a nossa newsletter e receba direto em seu e-mail!

Rodrigo Gazola
Autor

Com muitos anos de experiencia em TI, trabalhando 24 horas por dia, 7 dias por semana, dá aula sobre excelência em workaholic. Apesar de ser especialista em MSP, adora quando o assunto é backup. Rodrigo esbanja bom humor (diz a lenda que seu segredo é cerveja, churrasco e Rock'N'Roll) e é o mais ativo daqui, já até pensou em rodar o mundo em cima da sua bike.

Escreva um comentário

Share This