Veja 3 erros comuns na hora de vender backup e restauração de dados

Saiba como ter ainda mais sucesso na proteção de informações das empresas que atende

Homem segurando um celular e símbolo de nuvem

Fazer backup e restaurar dados é, sem dúvida, uma das ações mais importantes no dia a dia de um prestador de serviços gerenciados de TI. Afinal, a tarefa garante cópias atualizadas dos arquivos do cliente e ajuda a garantir a segurança da informação. Mas, existem 3 erros que prejudicam seus resultados na hora de vender backup e restauração de dados.

Então, se você é MSP e quer descobrir como evitar estes problemas, continue a leitura e saiba mais!

Por que fazer backup e restaurar dados?

Antes de revelar quais erros você pode estar cometendo, vamos lembrar a importância de fazer backup e restaurar dados dos clientes.

Aliás, o serviço é essencial para prevenir desastres e perda de dados.

Para começar, quando falamos sobre backup estamos os referindo ao trabalho de realizar uma cópia para prevenir que possíveis falhas comprometam as informações de um negócio.

Essa cópia pode ser de imagens, documentos, bancos de dados ou qualquer outro arquivo que seja indispensável para as empresas que você atende.

Por isso, é fundamental realizar a ação e garantir que as informações dos contratantes estejam sempre protegidas.

Do mesmo modo, o desenvolvimento da tarefa é importante para a rotina dos seus clientes, já que assegura que eles tenham os dados disponíveis e a possibilidade de recuperá-los com facilidade em casos de eventuais problemas.

Em nosso blog, publicamos recentemente, um texto que revela as melhores práticas de backup para MSPs. Clique aqui e leia agora mesmo!

Mas, vale falar que os benefícios do backup são vistos na prática quando o MSP sabe utilizar a solução escolhida de forma adequada e entende que alguns erros devem ser evitados, como você verá a seguir. 

3 erros que devem ser evitados na hora vender backup e restauração de dados

Agora que já revelamos a importância do serviço, vamos mostrar alguns erros que não podem fazer parte do seu dia a dia como MSP. Veja os principais deles:

1 – Considerar apenas o volume de dados e não a infraestrutura completa

Para começar, entre os erros na hora de vender backup e restauração de dados, está o fato de desconsiderar a infraestrutura do cliente e focar apenas no volume de dados produzidos por ele.

Por isso, na hora de elaborar uma proposta de backup, considere a operação completa e observe fatores que podem influenciar no trabalho diário.

Por exemplo, veja se o cliente conta com nobreak e se o sistema operacional está atualizado ou não. Aliás, algumas empresas ainda usam versões antigas dos sistemas operacionais e isso pode gerar um impacto negativo no seu serviço e impossibilitar o uso da solução de backup.

Além disso, verifique se o computador e o servidor estão na garantia. Pois, tratam-se de informações essenciais para definir os detalhes da realização do backup e restauração de dados.

2 – Não analisar o cenário de backup

Se você não quer errar no backup, analise o cenário de cada cliente.

Ou seja, não pense apenas comercialmente, mas, também, em qual impacto o backup causa na operação da empresa.

Desse modo, observe por que o cliente precisa proteger os dados, se já realiza uma cópia dos arquivos, se usa aplicativos locais ou em nuvem etc.

Da mesma forma, identifique vulnerabilidades, entenda as necessidades, observe o RPO e RTO e faça uma proposta baseada em tudo isso.  

3 – Desconsiderar o custo operacional

Por fim, para ter sucesso no backup não cometa este erro.

Sabemos que muitas vezes, os MSPs não param para pensar no custo operacional da proposta. Mas, é fundamental entender o preço de todo o processo e mensurar isso.

Por exemplo, uma solução que só te permite um job de backup por dia, tem um custo diferente de uma opção que permite 3 ou mais jobs diariamente, por exemplo.

Do mesmo modo, ofertar arquivamento de 5 anos, tem um custo operacional distinto de uma oferta de arquivamento de 90 dias.

Ou seja, dentro da proposta oferecida, existem cenários que podem influenciar no custo e, caso a estratégia não seja bem planejada, você pode ser prejudicado por não perceber que isso pode variar de um cliente para o outro.

Elimine os erros com a solução certa

Como você viu ao longo do texto, alguns erros comuns na hora de elaborar sua proposta de backup e recuperação de dados, podem comprometer sua rotina de serviços gerenciados de TI.

Mas, com as dicas que destacamos é possível eliminar riscos, otimizar a realização de backup e ter sucesso na tarefa.

Porém, só é possível ter uma oferta de backup competitiva se você contar com uma ferramenta que permita atender o maior número de cenários possíveis. Isso vale para, desde de estações, até servidores, restauração e office 365.

Além disso, para que você consiga crescer com a solução, recomendamos escolher uma opção que não dependa de terceiros e tenha data center à parte, como a N-able Backup, que conta com mais de 30 data centers espalhados pelo mundo, incluindo o Brasil.

A ferramenta é a opção perfeita para quem busca mais segurança para os dados dos clientes. Pois, conta com tecnologia true delta, recuperação ágil em poucos minutos, armazenamento seguro do começo ao fim e uma série de recursos desenvolvidos para facilitar e melhorar o dia a dia dos prestadores de serviços de TI.

Aliás, você pode comprovar todas essas vantagens, através de um trial gratuito por 30 dias. Garanta o seu teste agora e conheça a solução!

Autor: Rodrigo Gazola

Especialista no mercado de prestação de serviço em TI, pioneiro no modelo de serviços gerenciados (MSP) no Brasil. Apesar de ser um profundo conhecedor do modelo e mercado MSP, adoro quando o assunto é Backup, Backup, Backup! Com formação em Eletrônica e Gestão em TI, amo o que faço e não me canso quando o assunto é trabalho e conhecimento, muitos dizem que o segredo são os 4 "B"s que adotei há algum tempo: Beer, Bike, Barbecue e Backup. Ver todos posts por Rodrigo Gazola